Em tempos de crise, é crescente o número de pessoas com dificuldades em conseguir um novo posto de trabalho.

Ter seu próprio negócio é, portanto, uma ótima saída para gerar renda. Para isso é importante investir em algo que você tenha amor e habilidade.

Se você é um desses apaixonados por animais e tem espirito empreendedor, montar um Taxi Dog talvez seja uma boa opção.

Para te ajudar, nós resolvemos revelar toda nossa experiência colhida em mais de 3 (três) anos transportando os peludinhos pela cidade do Rio de Janeiro. Então, vamos lá!

 

Qual o perfil de um motorista de Taxi Dog?

O motorista deve, acima de tudo, amar os animais. Isso é indispensável.

Animais latem, miam, brincam, pulam, babam e soltam pelos. As vezes cagam, mijam e mordem. Em algumas situações podem estar grávidos, lesionados, debilitados e com dificuldades de locomoção. Podem ser filhotes ou ter idade avançada.

Saber lidar com todas essas situações é fundamental para o seu sucesso nesse ramo!

É necessário ter boa educação com seus tutores e com todos os profissionais que você tiver contato, quer seja para um banho e tosa, que seja para uma cirurgia. Ser um bom motorista é fundamental.

 

Por que montar um Taxi Dog?

O mercado Pet está em plena expansão. O Brasil é o terceiro maior mercado consumidor do mundo! Existem mais cachorros de estimação do que crianças no Brasil.

O IBGE estimou a população de cachorros em domicílios brasileiros em 52,2 milhões, o que dá uma média de 1,8 cachorro por domicílio.

Em relação à presença de gatos, 17,7% dos domicílios possuem pelo menos um, o equivalente a 11,5 milhões de unidades domiciliares.

É um mercado enorme e em constante crescimento, sendo muito bom para investir!

Seja um motorista e faça parte dessa equipe

É fácil, rápido e gratuito!

CADASTRE-SE AGORA

Por que montar um Taxi Dog ao invés de dirigir para Uber?

Primeiro que trabalhar em contato com esses peludos é uma delícia, né?! É muito melhor que transportar somente pessoas!

Pelo ponto de vista financeiro, motoristas que trabalham com transporte de animais tem retorno muito maior. Observem as diferenças entre tarifas e taxas:

O valor das tarifas da Uber é de aproximadamente R$ 1,50/Km. Tarifas de um Taxi Dog são de aproximadamente R$ 3,50/Km, podendo chegar a 6/Km dependendo do dia e horário.

Além disso, aplicação de um valor mínimo para realização do transporte, adicional por quantidade e peso dos animais e taxas de deslocamento para atendimento em localidades mais distantes podem trazer valores ainda mais expressivos para o motorista.

É bastante comum também a cobrança de algumas taxas, como a taxa de limpeza, taxa de espera e taxa de cancelamento. O ticket médio de um motorista Uber na cidade do rio de Janeiro é de R$ 25,00, contra os R$ 55,00 de um motorista de um Taxi Dog.

 

Legislação do Conselho Federal de Medicina Veterinária

Segundo o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) os transportes de emergências somente podem ser realizados por ambulâncias. Para ser considerado ambulância, o veículo deve cumprir uma série de exigências, previstas na Resolução 3086, de 30 de Setembro de 2016.

Ou seja, o transporte em veículos particulares de passeio é permitida apenas em situações não emergenciais.

Os veículos também precisam estar identificados. A parte externa precisa conter que o veículo é usado para transportar animais.

Essa regulamentação gerou grande transtorno após sua publicação, pois tornou caro e burocrático o serviço de transporte de animais domésticos e a dificuldade em transportar limita a capacidade de crescimento de diversos estabelecimentos do mercados tais como hospitais e clinicas e veterinárias, centros de adestramentos, hotéis e clubes.

 

Atenção com as Leis de Trânsito: Evite multas

O Código de Trânsito Brasileiro também prevê algumas regras para o transporte errado de animais. A legislação diz que é proibido que os animais fiquem na parte externa dos veículos. Portanto, se o cachorro adora colocar a cabeça pela janela, você pode levar uma multa por isso. Também não pode ir na cabine de caminhonetes. Isso é considerado uma infração grave, com multa de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira.

Se o animal andar solto dentro do carro, o motorista também pode ser multado pelo artigo 169 do CTB, que prevê notificação de R$ 53,20 e três pontos. Também é proibido levar o animalzinho no colo ou do lado esquerdo, entre o corpo e a porta. Neste caso, a multa é de R$ 86,13.

O mais correto é transportar animais de estimação dentro do veículo, no banco de trás ou no porta-malas, em uma caixa de transporte ou com cinto de segurança, sempre com atenção para não prejudicar a visibilidade do motorista e cuidado com o conforto e a segurança do animal.

Seja um motorista e faça parte dessa equipe

É fácil, rápido e gratuito!

CADASTRE-SE AGORA

Regulamentação da atividade profissional

A regulamentação é sempre o melhor caminho.

A forma mais fácil e simples é realizando o cadastro como Microempreendedor Individual (MEI), na atividade TRANSPORTADOR(A) MUNICIPAL DE PASSAGEIROS SOB FRETE. A formalização resulta em uma série de vantagens. Vamos fazer um artigo específico para isso.

 

Estrutura

É preciso muito cuidado no transporte de animais.

Dispor de um veículo adequado e de equipamentos de segurança, limpeza e dedetização é fundamental.

Ter disponibilidade para atender as solicitações, fazer agendamentos e dar suporte aos clientes é muito importante.

Solicitações por telefone são a forma mais comum, mas o mercado atual exige que as formas de solicitação sejam também possíveis por redes sociais e aplicativos para smartphone.

Diversifique a forma de pagamento. Possuir uma maquina de cartão é algo necessário. Muitas pessoas não gostam de andar com dinheiro atualmente e não receber em cartão pode limitar a quantidade de clientes.

 

Segurança

O uso de acessórios protege contra lesões provocadas por paradas ou por desvios bruscos, nas quais o animal pode se machucar ou ferir outras pessoas. Existem equipamentos e cuidados especiais para cada tipo de animal:

Cães – grades (indicado para animais de grande porte), caixas de transporte (ideais para viagens longas) ou cintos e coleiras, que ficam presos ao cinto de segurança do carro, nesse caso, a recomendação é o uso da coleira peitoral e nunca prender com arames ou cordas porque podem machucar ou mesmo matar o animal;

Gatos – devem ser transportados apenas em caixas, pois se assustam com facilidade, são mais ágeis e difíceis de socializarem;

Peixes – devem ser deslocados sempre em sacos de plástico;

Pássaros – em gaiolas, devidamente cobertas com um pano, para o animal não se estressar com a viagem.

 

Caixas de Transporte ou cinto de segurança?

Felinos normalmente se adaptam bem a Caixas de Transporte. Os cães, nem sempre.

Normalmente cães adestrados ou que foram acostumados desde filhotes ao uso da Caixa de Transporte até preferem as caixas. Todavia, os que nunca utilizaram normalmente ficam estressados e enjoados.

Os cintos de segurança, além de ocuparem menos espaço, tornam a viagem mais confortável.

Algum profissionais do mercado alegam que a Caixa de Transporte seja a forma mais segura.

Em nossa experiência constatamos que animais transportados com cintos ficam menos estressados e curtem muito mais a viagem e são tão seguros quanto as Caixas. Além disso, cães de médio e grande porte dificilmente caberiam em Caixas de Transporte.

Sendo assim, os cintos de segurança com utilização de coleira peitoral são a forma mais eficiente para os cães e as caixas de transporte devem ser obrigatórias para os gatos.

Seja um motorista e faça parte dessa equipe

É fácil, rápido e gratuito!

CADASTRE-SE AGORA

Divulgação

Para qualquer negócio, as ações de marketing são necessárias para consolidação e fidelização de clientes, que vão garantir seu crescimento e consolidação no mercado.

A divulgação do negócio pode ser feita por meio de visitas em empresas do Mercado Pet. Além disso, as redes sociais e sites de busca tendem a gerar bastante resultado. Para facilitar o acesso dos clientes, faz-se necessário a criação de um site, dentre outras ações capazes de posicionar o negócio da melhor maneira possível.

O custo disso tudo vai depender do grau de sofisticação do negócio.

 

Qual o veículo mais apropriado para atendimento?

Quanto maior for o espaço interno do veículo, maior será a capacidade de transportes de animais e acompanhantes, o conforto e a segurança.

Veículos de passeio que permitem o transporte de animais no porta malas (acesso interno ao porta malas) são mais adequados.

A instalação de GNV é recomendada, para reduzir custos com combustível e impostos.

Veículos SEDAN não são adequado para esta finalidade, pois impedem o uso do parta malas para transporte de animais.

Modelos de veículos mais adequados:

Chevrolet SPIN;
Fiat Palio Weekend;
Fiat Doblo;
Renault Sandero;
Citroën C4 Picasso;
Volkswagen Spacefox;
Peugeot 207 SW;
Peugeot Boxer Furgão;
Fiat Ducato.

 

Cuidados com limpeza e dedetização

O transporte de animais exige uma limpeza e dedetização constante do veículo.

O usos de aspiradores de qualidade, produtos de limpeza e dedetizadores a base de amônia quaternária garantem uma boa experiência e a saúde dos animais transportados.

Realize esses procedimento nos intervalos de cada transporte realizado.

E então? Transportar animais é ou não um bom negócio?

Seja um motorista e faça parte dessa equipe

É fácil, rápido e gratuito!

CADASTRE-SE AGORA